segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Melodia



Flutuando nas entrelinhas 
ecoando infinita partitura
levito embebecido 
absorvido pelas palavras 
transcendo nos detalhes
de uma sublime transparência
composta por  nuances
decifradas na satisfação 
reescrevo pedaços
na nitidez de um rasgo
que desfaço
almejo a inspiração 
definida pelas emoções 
desperto na imensidão 
de numa chama
que me consome
 na essência da inocência 
a volúpia da sedução
vislumbro insistente 
encantamento de um afago
 suspirante estremecido
da pura emoção .

Emanuel Moura





11 comentários:

  1. Maravilhosa essa poesia e a melodia do amor que tanto inspira corações. abraços, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, amigo Emanuel!
    Reescrever pedaços é uma arte... fica linda a tecida por eles...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Emanuel.
    Meu amigo as suas poesias são sempre muito profunda. Absolvido pelas palavras, com a melodia do amor surge a poesia que encanta a todos nós. Lindo. Uma feliz terça- feira. Enorme abraço.

    ResponderEliminar
  4. Um encanto em palavras tão melodiosas,que flutuamos juntos nas entrelinhas e pautas desse maravilhoso poema.
    Parabéns irmão Emanuel e obrigada por nos compartilhar tanta doçura.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Falando ou flutuando nas Entrêlinhas
    é um sentimento de bem estar,de meditação....
    Adorei o poema.
    Boa semana
    Um fraterno abraço.

    ResponderEliminar
  6. Uma melodia sublime de amor em forma de poesai.
    Maravilhoso!!!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  7. Meu querido amigo.

    Haverá melodia mais bela e mais completa que a melodia do amor.
    Um poema escrito com a alma.
    ~Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. A sublime melodia do amor... Encantamento, emoção...
    Belas palavras musicais!

    Também lembro da vó quando estou mexendo com terra. Ela plantava tudo no seu quintal e sempre tinha a erva certa para cada dor ou problema. Seu comentário me fez ver a querida dona Helena, andando no meio das suas hortinhas sempre arrumando e preparando algo. Que saudade!!!

    Obrigada pelo carinho lá na caverna.
    Abraços esmagadores e feliz final de semana.

    ResponderEliminar
  9. Boa noite Emanuel,
    Lindo o seu poema!
    Admiro a sua sublime inspiração.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  10. Boa noite Emanuel.
    Meu amigo passando para lhe desejar um feliz final de semana. Enorme abraço

    ResponderEliminar
  11. Uma melodia poética que inspira o "sonhador" com mestria! bj

    ResponderEliminar