domingo, 18 de junho de 2017

Carinho


 Lapidando afagos    
num amor rebelde
 feito fogo de uma  paixão
 ousada numa volúpia 
irreverente submissa feita
num  aconchego de um desejo
 malicioso de pura sedução
que  acalenta  e encanta
infinita essência insistente
uma respiração de afectos
inflamados desperto 
flutuando entrelaçado 
num compasso suave
de quimeras urge a nudez 
transbordante reveladora
 de um coração exaltante 
envolto de uma carícia 

Emanuel Moura

sexta-feira, 16 de junho de 2017

♥ Vamos brincar com a chica nº 21 ? ♥


Segredo da vida é amar a simplicidade .


 "sinto uma paz imensa no meu coração ,
um doce desejo de viver na simplicidade
 ofegante  uma renuncia uma entrega 
à vida pela paz de todo o meu ser ,
sinto-me solto nesta imensidão "

Emanuel Moura

domingo, 11 de junho de 2017

Procurando


Transcendendo para além 
da imensidão do infinito
procurando por  um trilho
um porto de abrigo
repousado nas profundezas 
de um olhar intrínseco
um paraíso distante 
embalado por uma estrela 
cadente um sonho
perdido no tempo de
um presente inacabado
amparado subtilmente
na leveza do amanhecer  
uma réstia de esperança 
mergulhada numa lágrima 
translúcida da infinita saudade 
de se encontrar de novo .

Emanuel Moura



sexta-feira, 9 de junho de 2017

♥ Vamos brincar com a chica nº 20 ? ♥


Permita-se interiorizar para encontrar as suas respostas .


"numa profunda quietude 
fluindo como um rio de sentires 
 de uma alma louca de esperança
que se solta placidamente
 num vento quase inexistente."



domingo, 4 de junho de 2017

Procurando


Divagando silenciosamente
por entre espaços vazios 
e renúncias de lágrimas 
encontros recônditos 
 traçam um caminhar 
delineado num flutuar
delicado de um diluir 
da saudade feito rima
insistente da lembrança 
de um odor temporal
do destino que simplesmente
se enternece num reflexo
invisível que repousa 
mansamente num sussurro
de uma brisa transbordante
de uma paz imensa.

Emanuel Moura

sexta-feira, 2 de junho de 2017

♥ Vamos brincar com a chica nº 19 ♥


Nas asas dum pássaro descobre a liberdade .


"Flutuando nas entrelinhas 
ecoando infinita partitura
levito embebecido 
absorvido pelas palavras 
transcendendo nos detalhes
de uma sublime transparência"